Basílico - Josimar Melo UOL Blog
UOL Estilo UOL Estilo


Última do Zimmern: sua passagem pelo Rio

Para encerrar os comentários sobre o encontro com o Andrew Zimmern, apresentador do "Comidas Exóticas", eis o que escrevi a respeito na Folha de S.Paulo, domingo passado.

 

Âncora do "Comidas Exóticas" grava no Rio

Norte-americano comeu feijoada e cozinhou caramujo para pescador

No episódio, sem data para ser exibido no país, ex-chef provou também churrasco, galinha ao molho pardo e sucos


Afinal, o que há de bizarro numa feijoada? É o tipo de pergunta a que Andrew Zimmern, apresentador do "Comidas Exóticas", teve de responder em sua passagem pelo Rio, onde gravou seu primeiro episódio no Brasil.

A pergunta não é nova: em todos os países ouve algo parecido. Afinal, para um tailandês que desde criança come insetos, o que há de estranho em comer besouros? "O que é bizarro para uma cultura não o é para outra", explica o ex-chef de cozinha.

O exemplo da feijoada é esclarecedor. Zimmern a comeu (e ajudou a fazer) na quadra da escola de samba Império Serrano.

"Nasci em Nova York, onde há comidas de todo o mundo, e já comi muito arroz e feijão. Mas convenhamos:

com farofa, todas as partes do porco, cachaça, pulando feito um louco, suando em bicas, ao lado de mulheres lindas... não é o jeito como eu como arroz e feijão!" Zimmern entupiu-se de carne num rodízio (Porcão), de petiscos e galinha ao molho pardo num boteco (Aconchego Carioca), de sucos de frutas em toda parte e até de esfihas na praia em Ipanema.

Mas sua mais interessante experiência foi pescar em Copacabana com Manuel, da colônia de pescadores.

"Veio na rede um caramujo gigante, que no Japão custaria caríssimo, e Manuel me disse que aquilo não se come. Subi então à casa dele, na favela do Pavão, e o preparei no vapor. Ele adorou! Poderíamos ter comido cru, mas não quis forçar." Na mesma rede havia um enorme caranguejo-ermitão, que também foi para a panela.

Vivendo em Minnesota com a mulher e o filho, Zimmern, 49, pretende voltar ao Brasil. Depois da primeira temporada do programa, quando cruzava cada país, decidiu visitar uma única cidade por vez. "Prefiro ir mais fundo num local a ter uma ideia rasa." À China, por exemplo, já foi dez vezes.

"SEM RESERVAS"

O episódio no Rio estará na quarta temporada (aqui está no ar a segunda). Confirmando que o Brasil é alvo de interesse da gastronomia mundial, a passagem de Zimmern coincidiu com a de outra estrela da TV, Anthony Bourdain: na mesma semana, ele foi a Belém gravar seu "Sem Reservas", do mesmo canal.

Bourdain visitou o Mercado Ver-o-Peso e passeou pela selva. Tentei saber suas impressões depois da viagem, mas só o alcancei já no fechamento desta edição, de volta a Nova York -e sem muita disposição para conversa: "Acabei de chegar de viagem e estou meio doente... Podemos falar depois?" Não resisti a responder: "Deve ter sido algo que você comeu".

NA TV 

COMIDAS EXÓTICAS

Segunda temporada do programa

Sábado, às 21h, no Discovery Travel & Living



Escrito por Josimar às 21h34
[ comente ] [ regras ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Josimar Melo é jornalista,
crítico de gastronomia da
Folha de S.Paulo e agitador
cultural nessa área

Neste blog Na Web

Visitas